Psicanálise e autonomia



2019-11-03
Um dos pressupostos fundamentais da psicanálise, e, obviamente, da psicoterapia psicanalítica, é a promoção da autonomia, estimulando o pensamento livre e independente - a expansão da capacidade de pensar. A autonomia desenvolve-se, por exemplo, através do espaço da psicoterapia, que encoraja à expressão livre em sessão - tudo pode ser falado, contrariamente ao que acontece fora da sessão. 

possibilidade da exposição livre (sem censura) das nossas preocupações e o poder dar voz a tudo o que surgir em mente durante a sessão, é uma experiência verdadeiramente libertadora e sanígena. 

A consulta de psicoterapia psicanalítica é um espaço de reflexão que encoraja o pensamento livre e espontâneo. Ao mesmo tempo, quem procurar psicoterapia irá inaugurar uma relação nova na sua vida, que conta com a receptividade emocional do terapeuta, bem como com o seu interesse, preocupação, não julgamento e apoio emocional. 

A inauguração e o desenrolar desta nova relação - a relação terapêutica - em conjunto com outros aspectos, tem efeitos transformadores que promovem ao longo do tempo a passagem progressiva da dependência patológica (ou infantil) para uma capacidade de amar mais livre e adaptativa.