Sou psicoterapeuta psicanalítica e dou consultas em Lisboa. Encontrei a Psicanálise como paciente, o meu interesse por ela não nasceu de uma reflexão intelectual, mas do modo como me foi, e continua a ser, útil e absolutamente necessária. 

Sinto pelo meu trabalho o mesmo que se sente nas relações amorosas e sintónicas: uma paixão viva e um amor sólido. Tenho uma fé inabalável no processo psicanalítico, nos seus efeitos, no modo como expande e enriquece, graças à relação única entre terapeuta e paciente. 

                                                                                                                                  *

I´m a psychoanalytic therapist with a practice in Lisbon. I found psychoanalysis, first as patient and my interest to become a therapist was not born out of an intelectual view or a rational construct. Instead, it was rooted on my own personal process, which is still paramount to my personal life, and the passion I´ve developed ever since. 

I have an unshakable faith in the psychoanalytical process, and in the way it expands and enriches our lives, due to the unique bond between patient and therapist.